HUCF destaca importância na realização do I Simpósio de Atenção à Saúde do Idoso

“Foi uma oportunidade ímpar para ampliar os debates sobre situações delicadas e comuns relacionadas à pessoa idosa, que podem gerar vulnerabilidade e perdas funcionais. É necessário abordar tais assuntos, que dizem respeito a uma elevada parcela da população brasileira e mundial, como a prevenção de doenças e a atenção integral à saúde”. A análise é da geriatra Luciana Colares Maia, ao apresentar o balanço do I Simpósio de Atenção à Saúde do Idoso, evento multiprofissional realizado pela Unimontes, por meio do Hospital Universitário Clemente de Faria (HUCF) e parceiros, como as Faculdades Integradas Pitágoras (FIP-MOC).

Nos dois dias do evento (27 e 28/10), profissionais e estudantes puderam discutir sobre os temas relacionados ao envelhecimento populacional e que estão associados ao cotidiano do Centro “Mais Vida” de Referência em Assistência à Saúde do Idoso Eny Faria de Oliveira (CRASI), do Hospital Universitário.

Simpósio Idoso Crasi

Doutor Edgar Nunes de Moraes, do Centro Jenny Faria

A professora Luciana Colares, que é a coordenadora do CRASI/GUCF, foi a presidente do Simpósio, com atividades no auditório das FIP-MOC, apoiadora do evento, juntamente com as ligas acadêmicas de Geriatria e de Cirurgia da Unimontes.

“ARTE DE ENVELHECER”

O vice-reitor da Unimontes, professor Antonio Alvimar Souza, presidiu a solenidade de abertura, seguida de palestra “A Sublime Arte de Envelhecer”, com abordagem sobre  a dignidade no processo de envelhecimento. Em outro momento, o coordenador do Instituto Jenny de Andrade Faria de Atenção à Saúde do Idoso e da Mulher – do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Geraisd (UFMG), doutor Edgar Nunes de Moraes, ministrou a palestra “Gestão Integral da Saúde centrada no Idoso e na Família”. Ele é consultor do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde.

Na programação, foram priorizados temas como “A Sublime Arte de Envelhecer”, “Gestão Integral da Saúde Centrada no Idoso e na Família”, “O Idoso Frágil: Quem é?”, “Cirurgia no Paciente Octogenário”, “O Idoso Politraumatizado”, entre outros, por meio de palestras, debates e mesas redondas.

CONFIRA:

Em destaque, a participação de profissionais de renome estadual e nacional nas áreas de Geriatria, Gerontologia e Cirurgia, entre médicos, residentes, enfermeiros, fisioterapeutas e acadêmicos de saúde. “De grande valia a oportunidade de atualizar conhecimentos e trocar experiências relativas ao processo de envelhecimento, com a compreensão da abordagem cirúrgica em idosos e as particularidades clínicas mais recorrentes nesta fase da vida”, finalizou a presidente do Simpósio.

ESTRUTURA

O Crasi funciona anexo às instalações do Hospital Universitário e é mantido pelo Governo do Estado de Minas Gerais por meio da Secretaria de Estado de Saúde. Vinculado à Unimontes, o Centro é especializado no atendimento multidimensional ao idoso frágil nas áreas de Medicina, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Nutrição, Serviço Social, Psicologia, Terapia Ocupacional e Enfermagem.

IMG 2900

Simpósio foi realizado durante dois dias, com palestra, mesas redondas e debates (Foto: Débora Fonseca)

Inaugurada em 2008, a unidade foi construída e equipada com recursos doados pelo empresário Aloysio de Andrade Faria. Atualmente, a média de atendimento chega a 700 idosos por mês, oriundos de Montes Claros e dos 86 municípios do Norte de Minas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>