Notícias

UTI Neonatal do HUCF promove ações especiais em campanha pelo Mês da Prematuridade

UTINeoNatal HUCF

A redução dos índices de partos prematuros e o atendimento neonatal de qualidade estão entre os serviços de referência do Hospital Universitário Clemente de Faria (HUCF), da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes). Neste contexto, como parte da divulgação do mês de Sensibilização para a Prematuridade, comemorado em novembro, a equipe multidisciplinar da UTI Neonatal/HUCF realiza diversas atividades sobre o tema.

O objetivo é conscientizar a sociedade sobre a importância da diminuição dos partos prematuros. A programação será iniciada nesta sexta-feira (17/11), Dia Mundial da Prematuridade, com uma blitz educativa nos diversos setores da unidade hospitalar. Está prevista a distribuição de material informativo, como forma de chamar a atenção dos servidores, pacientes e acompanhantes.

O Hospital Universitário disponibiliza 10 leitos de UTI Neonatal e sete de berçário, com profissionais especializados e assistência humanizada, voltadas para o atendimento de bebês prematuros e crianças com até 12 anos, oriundos dos 86 municípios da região Macronorte de Minas, Vale do Jequitinhonha e até do Sul da Bahia.

As atividades se estenderão até o final do mês e pretendem reunir profissionais, familiares e ex-pacientes da UTI Neonatal, com a realização de rodas de conversa e dinâmica com os pais dos pacientes internados, sessão de fotos de recém-nascidos (newborn), oficinas de confecção de portas-retrato e momento de confraternização.

Encerrando a programação, no dia 27 de novembro, será realizado no auditório “Sabedoria e Humildade – Professor Robson Vieira Porto”, o I Seminário de Atenção Humanizada ao Recém-Nascido Prematuro: “Uma Visão Interdisciplinar”. O encontro será ministrado pela equipe do setor.

ASSISTÊNCIA

A supervisora de Enfermagem da UTI Neonatal do HUCF, Priscilla Antunes, destaca a relevância do evento, que abrange a importância dos cuidados com os bebês prematuros para a garantia de uma melhor evolução em seu desenvolvimento. Ela ressalta que serão feitas discussões e reflexões sobre os desafios para a saúde e para as condições de vida diante do nascimento prematuro.

“A discussão sobre a prematuridade é fundamental, tendo em vista que o parto prematuro é a principal causa da mortalidade de crianças até os cinco anos de idade. Além disso, as ações tentam reduzir a incidência da prematuridade e diminuir os danos à saúde dos bebês, causados pelo nascimento antecipado”, enfatiza Priscilla Antunes.

Leia Mais

HUCF destaca importância na realização do I Simpósio de Atenção à Saúde do Idoso

“Foi uma oportunidade ímpar para ampliar os debates sobre situações delicadas e comuns relacionadas à pessoa idosa, que podem gerar vulnerabilidade e perdas funcionais. É necessário abordar tais assuntos, que dizem respeito a uma elevada parcela da população brasileira e mundial, como a prevenção de doenças e a atenção integral à saúde”. A análise é da geriatra Luciana Colares Maia, ao apresentar o balanço do I Simpósio de Atenção à Saúde do Idoso, evento multiprofissional realizado pela Unimontes, por meio do Hospital Universitário Clemente de Faria (HUCF) e parceiros, como as Faculdades Integradas Pitágoras (FIP-MOC).

Nos dois dias do evento (27 e 28/10), profissionais e estudantes puderam discutir sobre os temas relacionados ao envelhecimento populacional e que estão associados ao cotidiano do Centro “Mais Vida” de Referência em Assistência à Saúde do Idoso Eny Faria de Oliveira (CRASI), do Hospital Universitário.

Simpósio Idoso Crasi

Doutor Edgar Nunes de Moraes, do Centro Jenny Faria

A professora Luciana Colares, que é a coordenadora do CRASI/GUCF, foi a presidente do Simpósio, com atividades no auditório das FIP-MOC, apoiadora do evento, juntamente com as ligas acadêmicas de Geriatria e de Cirurgia da Unimontes.

“ARTE DE ENVELHECER”

O vice-reitor da Unimontes, professor Antonio Alvimar Souza, presidiu a solenidade de abertura, seguida de palestra “A Sublime Arte de Envelhecer”, com abordagem sobre  a dignidade no processo de envelhecimento. Em outro momento, o coordenador do Instituto Jenny de Andrade Faria de Atenção à Saúde do Idoso e da Mulher – do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Geraisd (UFMG), doutor Edgar Nunes de Moraes, ministrou a palestra “Gestão Integral da Saúde centrada no Idoso e na Família”. Ele é consultor do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde.

Na programação, foram priorizados temas como “A Sublime Arte de Envelhecer”, “Gestão Integral da Saúde Centrada no Idoso e na Família”, “O Idoso Frágil: Quem é?”, “Cirurgia no Paciente Octogenário”, “O Idoso Politraumatizado”, entre outros, por meio de palestras, debates e mesas redondas.

CONFIRA:

Em destaque, a participação de profissionais de renome estadual e nacional nas áreas de Geriatria, Gerontologia e Cirurgia, entre médicos, residentes, enfermeiros, fisioterapeutas e acadêmicos de saúde. “De grande valia a oportunidade de atualizar conhecimentos e trocar experiências relativas ao processo de envelhecimento, com a compreensão da abordagem cirúrgica em idosos e as particularidades clínicas mais recorrentes nesta fase da vida”, finalizou a presidente do Simpósio.

ESTRUTURA

O Crasi funciona anexo às instalações do Hospital Universitário e é mantido pelo Governo do Estado de Minas Gerais por meio da Secretaria de Estado de Saúde. Vinculado à Unimontes, o Centro é especializado no atendimento multidimensional ao idoso frágil nas áreas de Medicina, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Nutrição, Serviço Social, Psicologia, Terapia Ocupacional e Enfermagem.

IMG 2900

Simpósio foi realizado durante dois dias, com palestra, mesas redondas e debates (Foto: Débora Fonseca)

Inaugurada em 2008, a unidade foi construída e equipada com recursos doados pelo empresário Aloysio de Andrade Faria. Atualmente, a média de atendimento chega a 700 idosos por mês, oriundos de Montes Claros e dos 86 municípios do Norte de Minas.

 

Leia Mais

Diretoria Acadêmica do HUCF promove a acolhida dos novos acadêmicos de Medicina e Enfermagem

 

Acolhida calouroHUCF

Os calouros dos cursos de Medicina e Enfermagem da Universidade Estadual de Montes Claros participaram, na tarde dessa quinta-feira (3/8), da solenidade de integração e acolhida, ação coordenada pela Diretoria Acadêmica do HUCF. Os trabalhos aconteceram no Auditório “Professor Robson Vieira Porto”.

Durante as boas vindas, os acadêmicos receberam o crachá de acesso, item de uso obrigatório na instituição, conheceram o ambiente hospitalar e receberam instruções sobre as práticas acadêmicas.

Outra oportunidade de aprendizado para os novos estudantes diz respeito às normas de prevenção de acidentes de trabalho, controle de infecções, biossegurança, assistência humanizada e demais atividades desenvolvidas pela unidade de saúde, referência em ensino e pesquisa na região.

O diretor acadêmico do HUCF, professor Roberto Rodney Ferreira, destaca a importância do evento, ao afirmar que a iniciativa é um apoio à graduação e tem a proposta de fazer com que os novos acadêmicos se sintam acolhidos no Hospital, local onde estarão a maior parte do tempo durante os cursos.

“Procuramos disponibilizar toda a nossa estrutura e oferecer o apoio necessário para que o processo de aprendizagem e a prática acadêmica sejam desenvolvidos com sucesso”, afirma.

Leia Mais
imagem_medicohucf

Publicado resultado definitivo do concurso para médicos do Hospital Universitário

– 70% dos médicos aprovados serão alocados para as unidades de urgência e emergência –

Divulgado nessa quinta-feira (13/10), o resultado definitivo do Concurso Público para Médicos do Hospital Universitário Clemente de Faria (HUCF), da Universidade Estadual de Montes Claros. O único Hospital de Ensino 100% SUS da região irá alocar a maior parte do novo quadro de profissionais para as unidades de Urgência e Emergência.

Foram preenchidas 100 vagas em quase 30 especialidades do HU.

 

Com o Concurso Público dos novos médicos será possível realizar a recomposição de equipes e, ao mesmo tempo, a organização assistencial e clínica do HUCF. Os novos profissionais irão substituir os médicos até então contratados.

“É um marco histórico para a nossa Unimontes a realização deste concurso público.O Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), acolheu nossa reivindicação e assim foi possível contratar mais 100 médicos para o Hospital Universitário.  Uma conquista para toda a comunidade acadêmica, sociedade e a região Norte de Minas”, destacou o reitor da Unimontes, professor João dos Reis Canela.

O HUCF realiza por ano, em média, 450 mil procedimentos e com a contratação imediata dos novos médicos a população assistida será ampliada. Os profissionais aprovados no concurso são das áreas de Anestesiologia, Broncoscopista, Cirurgia de Cabeça e Pescoço, Cirurgia Cardiovascular, Cirurgia Geral, Cirurgia Pediátrica, Cirurgião Plástico, Cirurgião Torácico, Clínica Médica, Clínico Geral, Dermatologista, Ecografista, Endocrinologista, Endoscopista, Geriatra, Ginecologista, Hematologista, Infectologista, Intensivista Clínico, Neurocirurgião, Oftalmologista, Ortopedista, Otorrinolaringologista, Patologista, Pediatra, Psiquatria, Radiologista, Ultrassonografista e Urologista.

MAIOR NÚMERO DE CONTRATAÇÕES

A maior contratação é para a área de Pediatra, com a aprovação de 20 profissionais que serão alocados para as áreas de UTI Neonatal, Pronto-Socorro, Sala de Parto, Maternidade e Bloco Obstétrico.

Os 15 anestesiologistas serão distribuídos nos blocos Obstétrico e Cirúrgico. Foram aprovados, também, 14 ginecologistas que irão trabalhar na Maternidade e Bloco Obstétrico. Dez ortopedistas e dez Cirurgiões (Geral) irão compor o quadro no Pronto-Socorro.  Para a Clínica Geral foram aprovados 11 (onze) médicos para o Pronto-Socorro e UTI Adulto.  Além disso, quatro intensivistas clínicos irão para a UTI Adulto e outros 4 (quatro) entre cirurgião pediátrico, cirurgião plástico e cirurgião torácico também serão contratados.

As 100 vagas atendem duas cargas horárias (12 horas e 24 horas semanais).  “Com a realização do Concurso Público para a contratação de cem médicos temos a oportunidade de suprir uma deficiência antiga no Hospital Universitário, especialmente, no setor de urgência e emergência.

 

É motivo de grande comemoração.  O HUCF agora consegue ter um corpo clínico efetivo, que terá plano de carreira, cargos e salários.

 

Teremos uma equipe mais ampla para a assistência a toda demanda da região, o que gera uma segurança institucional”, afirma José Otávio Braga Lima, Superintendente do HUCF.

Com o concurso, a professora médica infectologista, Cláudia Biscotto entra no quadro efetivo da assistência do HUCF.  Para ela, é um grande avanço, tanto para os profissionais quanto para a instituição.  “Não há dúvidas de que o serviço prestado será melhor. Para a assistência, há previsão de melhorias visto que as escalas serão fixas. Isso para a emergência e para as especialidades.

 

Para o profissional, é a garantia de segurança, pois o contrato com a cooperativa é instável e a efetivação implica num maior compromisso”, disse.

REFERÊNCIAS

O Hospital Universitário Clemente de Faria é credenciado como Hospital de ensino pelos Ministérios da Saúde e Educação.  As principais referências do HUCF são em atendimentos às gestantes de alto risco, vítimas de mordeduras de cães e gatos, acidentes causados por animais peçonhentos, vítimas de violência sexual e intra-familiar, pacientes com transtorno mental, ambulatorial em pré-natal de alto risco, clínica médica e ginecologia/obstetrícia, portadores de Doenças Sexualmente Transmissíveis, doenças infecto-contagiosas, comunidade indígena e pediatria.

NÚMERO DE LEITOS

A instituição de saúde disponibiliza uma capacidade instalada e ocupacional de 171 leitos hospitalares com estrutura completa para atendimentos de emergência, maternidade e internação em diversas áreas clínicas e cirúrgicas e unidades de tratamento intensivo e semi-intensivo adulto, neonatal e pediátrica.

Leia Mais
criancahucfdia

Hospital Universitário Clemente de Faria com programação especial na Semana da Criança

Foi aberta oficialmente, nessa segunda-feira (10/10), a Semana da Criança, promoção da Escola Ciranda da Vida, do Hospital Universitário Clemente de Faria (HUCF/Unimontes). A programação vai até o próximo dia 26, com oficinas, teatro, sessão de mágica e histórias, além de atendimento gratuito de cabeleireiro e maquiadores.

No primeiro dia de atividades, logo pela manhã, os pequenos internos da Pediatria participaram da oficina de modelagem com borracha EVA e de pintura em toalhas de rosto.

 

À tarde, o reitor em exercício, professor Antonio Alvimar Souza se reuniu com os pais, acompanhantes e as crianças para uma palestra sobre o papel da Escola Ciranda pela Vida durante o processo de recuperação dos pacientes.

Além do incentivo à leitura, a unidade faz o acompanhamento escolar das crianças, de modo que o conteúdo dos educandários de origem sejam aplicados durante o período de internação. O município é parceiro na iniciativa.

FAMÍLIA

“A intenção de todos que trabalham pelo HUCF e pela Unimontes é permitir uma permanência mais humana no ambiente hospitalar, de forma que as pessoas não se sintam distantes de atividades diárias”, disse o professor.  “O remédio é muito importante para a recuperação da saúde, mas há outras coisas tão importantes quanto: a alegria e o otimismo”, afirmou o vice-reitor, ao destacar que “a família é a primeira escola dos filhos.  A escola não pode substituir o papel da família e nem os pais não devem terceirizar a educação dos filhos.

 

Devem valorizar o diálogo, estimular e apoiar sempre as crianças.  Ofereçam carinho e amor.  Mas também não se esqueçam de presenteá-los com conhecimento”.

Vilma Dias, coordenadora da Escola Ciranda pela Vida, compartilha a ideia: ações realizadas ajudam na recuperação e auto-estima, tanto dos pais quanto dos internados.

 

“E hoje foi só o começo. Até o dia 26, haverá uma vasta comemoração no HUCF”, acrescenta.

Nesta terça-feira, as crianças participaram de mais uma oficina de pintura em toalhas e de confecção de Sapinho de EVA, além da apresentação da peça teatral O Mágico de Oz, com a participação dos filhos dos servidores – além de distribuição de pipoca e algodão doce.

No feriado desta quarta-feira, em que se celebra a padroeira do Brasil, as crianças participam de bingo, gincana e de um lanche especial.  Às 15 horas, sessão de brincadeiras “King James”, lanche especial e parquinho.  No dia seguinte, à noite, acontece a Quinta Musical.  Na sexta, às 8 horas, apresentação de teatro infantil, pintura artística, apresentação voz e violão com repertório infantil e, às 14 horas passeio pelo Parque e Zoológico Municipal Milton Prates.

Márcio Antonio Veloso, diretor administrativo do HUCF, ressaltou o importante trabalho da Escola Ciranda da Vida e acrescentou o quão são importantes as iniciativas realizadas para as crianças.

 

“Ficamos felizes pelas ações desenvolvidas.

Leia Mais
expo_vida_rosa

Exposição Vida Rosa retrata a autoestima de pacientes em tratamento do câncer de mama

O Projeto “Vida”, atividade extensionista da Universidade Estadual de Montes Claros e que promove ações de autoestima com mulheres diagnosticadas com o câncer de mama, realiza nesta quarta-feira (19/10), a solenidade de abertura da 4ª exposição “Vida Rosa”. Será às 19 horas, no primeiro andar do Shopping Ibituruna. A novidade para este ano está no formato virtual da exposição e, após o lançamento, a campanha será levada a outros pontos da cidade com grande alcance de público.

A iniciativa faz parte da programação oficial de uma das campanhas do “Outubro Rosa” no âmbito municipal, desenvolvida pela Associação Presente – Padre Tiãozinho,  com o apoio da Universidade Estadual de Montes Claros.

Sob o lema “Há 11 anos Semeando Esperança”, o projeto “Vida” traz ao público uma série de fotografias que têm como modelos mulheres que estão convivendo com o tratamento oncológico.

São 28 pacientes que participam da campanha.

Expo Vida1

Exposição reúne os registros de 28 mulheres que estão em tratamento (foto: Gui Soares)

“A proposta é mesmo de resgatar a autoestima e mostrar que, mesmo diante do quadro de doença, que há qualidade de vida e que o dia a dia pode ser vivido de forma intensa”, analisa a professora Claudiana Donato Bauman, coordenadora didática do curso de Educação Física (bacharelado) e também coordenadora do projeto “Vida”, da Unimontes.

Após o lançamento,  a exposição será exibida também nos painéis eletrônicos e aparelhos de TVs do campus-sede da Unimontes,

 

Montes Claros Shopping Center, Prefeitura de Montes Claros, Shopping Popular e das Faculdades Unidas do Norte de Minas (Funorte). Além das imagens virtuais, a exposição conta com um vídeo, com o “making off” (preparação) das mulheres para as sessões de fotos.

A exposição “Vida Rosa” tem como parceiros o fotógrafo Gui Soares,  o colunista social e promoter Giu Martins e o fotógrafo e videomaker Hudson Brazil Santos,

Leia Mais
cats_capacita

HUCF realiza capacitação sobre liderança

O Hospital Universitário Clemente de Faria (HUCF), da Unimontes, capacita gestores e coordenadores de áreas da unidade.  Os trabalhos tiveram início nesta terça-feira (23) e prosseguem até quinta-feira (25/6). O curso “Ferramenta e Estratégia da Liderança: Definição e avaliação de Competências” envolve 100 pessoas, com oito horas de atividades por dia.

O Escritório da Qualidade é quem coordena o curso e, segundo a gerente do setor, Denise Carneiro, a proposta é de fomentar melhorias no desempenho dos servidores, desenvolver as lideranças e, ao mesmo tempo, aplicar ferramentas de gestão.  “Vamos dar subsídios para que todas possam desempenhar atividades com eficiência”, diz.

De acordo com a professora Cláudia Biscotto, infectologista e médica da Qualidade, como as organizações são formadas por pessoas, “por isso, devemos identificar o potencial que cada um tem para potencializar e desenvolver habilidades”. Segundo ela, isso é uma forma “para que todos atinjam o sucesso”.

Juliano Felipe, psicólogo e consultor em gestão de pessoas e trabalha com conceitos de liderança, prática experiencial, liderança situacional, comunicação, “feed back”, processos e diferentes estilos de lideranças. “Vamos deixar bem claro a diferença entre líder e chefe. Queremos que os participantes saiam daqui com metas estabelecidas para aplicar em suas funções diárias.  Vamos deixar uma tarefa, um dever ou “para casa” para todos os servidores para que, ao final do curso, todos já tenham um planejamento”, garante.

Para José Otávio Braga, superintendente do HUCF, o objetivo deste curso é aprimorar o serviço do trabalhador para que cada um tenha sucesso, tanto na vida pessoal quanto profissional. “A idéia é “amolar” a ferramenta de gestão.  Quem participa do treinamento já tem ciência de parte do conteúdo, mas queremos reavivar na mente dos servidores conceitos para que eles possam colocar em prática ações pró-ativas”, conclui.

Lorena Rios Durães, enfermeira e gerente do UTI neonatal e da Pediatria, acredita que o maior desafio e aplicar as ferramentas gerenciais junto às pessoas. “Necessitamos de diferentes estratégias, pois trabalhamos com pessoas distintas.

Leia Mais